Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça, para que o homem de Deus seja apto e plenamente preparado para toda boa obra.

Quando Deus me deu essa reflexão, eu estava numa vigília
abençoada no monte da Pirelli com alguns irmãos que geralmente me acompanham em
orações nas madrugadas. Na ocasião, estávamos agradecendo a Deus pelas bençãos
concedidas mais cedo naquela mesma noite, então, num momento posterior a ministração
do pastor Marcelo seguimos em oração agradecendo por tudo que havia acontecido,
pela nossa família, irmãos, pastores etc. Num determinado momento, lembrei de
quão dependente somos da misericórdia e graça de Deus, que não somos nada sem
Ele e sem a sua presença. De quão humilde precisamos ser em nossos passos,
atitudes, que não devemos nos basear em cargos e títulos, pois, isso não nos
faz filhos obedientes, mas um coração humilde, contrito e quebrantado sim.

Mais tarde, após a vigília comecei a refletir no meu coração
que na caminhada cristã podemos cometer equívocos ao esquecer os conceitos
relacionados a humildade, muitas vezes por dureza do coração, por convicções
equivocadas, teimosia ou orgulho.

Quem nunca viu ou ouviu casos em que pastores rejeitaram
ouvir uma exortação, somente porque ela veio de um irmão simples e sem cargo
e/ou título na igreja. E depois ficou sabendo que o pastor passou por
consequências terríveis por não ter ouvido o irmão pela sua simplicidade.

Quem nunca teve que quebrar a cabeça para arrumar a bagunça
por rejeitar a palavra ou conselho dado pelo pastor achando que suas convicções
eram mais sensatas do que meras palavras proferidas por ele?

Com isso, me aprofundei mais no que a bíblia trata a
respeito de correção e rejeição para compartilhar com os irmãos a necessidade
de corrigir falhas para que não haja rejeição por parte de Cristo,
principalmente no dia que estivermos diante de sua presença para prestar contas
pelos nossos atos.

Então nessa reflexão pergunto: Ser corrigido ou rejeitado,
qual será nossa escolha???

A palavra CORRIGIDO tem por significado – consertado; que
foi alvo de correção; que se corrigiu, consertou, reparou. A bíblia nos traz
diversos exemplos a respeito de correção, mas para limitar o objetivo aqui
tratado, destaco o texto de 2 Timóteo 3:16,17:

“Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o
ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça, para
que o homem de Deus seja apto e plenamente preparado para toda boa obra.”

Com base nesse texto, vemos que uma das finalidades da
escritura é trazer correção. Mas aí eu pergunto:

Qual é a nossa atitude diante de uma exortação ou correção?

  • Soberba
  • Orgulho
  • Indiferença
  • Ou simplesmente reconhecimento e humilhação?

Estamos dispostos a aceitar quando ela vem do Senhor? (Lembrando
que existem falsos profetas, mas Deus ainda usa pessoas quando há necessidade
de correção.)
Nossa postura será a mesma do rei Davi de reconhecer o erro e aceitar a
correção? (2 Samuel 12:13)

Essas perguntas são fundamentais dentro dessa reflexão,
pois, o cristão que almeja estar mais perto de Cristo necessita reconhecer em
si mesmo os erros cometidos, pois, a correção não tem a finalidade de humilhar
ou destruir, muito pelo contrário, a correção tem objetivo de nos aproximar
ainda mais de Deus em amor como diz o texto de Provérbios 3:11,
12
:

Meu filho, não despreze a disciplina do Senhor nem se
magoe com a sua repreensão,
pois o Senhor disciplina a quem ama, assim como o pai
faz ao filho de quem deseja o bem.

Baseado nisso, não podemos deixar que a nossa trajetória no
cristianismo endureça nossos corações, nos torne orgulhosos e prepotentes,
achando que podemos fazer algo por nós mesmos e que somos algo por conta de
cargos e ministérios. Ser corrigido por Deus significa que Ele nos ama e deseja
ajustar o rumo de nossas vidas para que sejamos luz do mundo e sal da terra.
Mateus 5:13,14.

Mais importante do que sermos corrigido durante a trajetória
cristã, é termos a certeza de que atentamos a correção e que ao nos
encontrarmos com Cristo não seremos rejeitados por Ele. O significado de
rejeitado é: Que sofreu rejeição; que foi recusado ou refutado: solicitação
rejeitada. No livro de Mateus capítulo 25 temos dois exemplos dados por Cristo
a respeito do servo mau (verso 26) e aqueles que foram rejeitados (verso 41):

Respondendo, porém, o seu senhor, disse-lhe: Mau e
negligente servo; sabias que ceifo onde não semeei e ajunto onde não espalhei?

Mateus 25:26

Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda:
Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus
anjos;
Mateus 25:41

Podemos ver que a escritura é clara a respeito da rejeição
do servo mau e negligente e daqueles que acham que Cristo deixará passar algo
no dia que tivermos que prestar conta quando não estivermos mais nessa terra,
seja por meio do arrebatamento ou por conta do fim das nossas vidas. Então, a
pergunta que fica como reflexão é:

Ser corrigido ou rejeitado, qual será nossa escolha???

Autor: João Marcos Sakalauska

João Marcos Sakalauska Administrator
Cursando o Seminário Teológico Nazareno do Brasil (STNB) e membro da igreja do Nazareno Adonai em Campinas – SP. Analista de Sistemas, formado pela FAC III. Buscando servir no chamado pastoral, se envolveu com muitos pastores de oração que costumam visitar vigílias nas madrugadas que acontecem em casas e nos montes. Tem como objetivo divulgar esses locais para convidar/desafiar o povo a oração e a busca da presença do Espírito Santo de Deus.